Conecte-se Conosco
 

Sem Vergonha

Guia de posições sexuais para uma rapidinha fora de casa

Publicado

em

Por Gabrielle Gonçalves / IG

Vocês estão fora de casa e, de repente, bate aquela vontade de correr para o banheiro mais próximo ou lugar mais escondido para uma  “rapidinha”. Explorar novos ambientes, principalmente os inusitados, pode ser bastante prazeroso e trazer mais adrenalina e emoção para o momento. Mas, nessas horas, é preciso improvisar.

Abaixo, o iG Delas  preparou um guia de posições sexuais para facilitar a transa quando não há nenhum colchão por perto. Deslize para o lado para conferir a galeria completa.

E vale lembrar: não deixe o tesão falar mais alto! Nada de fazer sexo em local público, aberto ou exposto ao público, já que o ato configura crime e prevê detenção de três meses a um ano ou multa, segundo o Código Penal brasileiro.

Posicione-se de costas para o seu parceiro e incline-se para a frente, apoiando as duas mãos no chão. Renato Munhoz (Arte iG)

O homem pressiona a mulher contra a parede, deixando-a suspensa durante a penetração. Renato Munhoz (Arte iG)

Já nesta posição, é a mulher quem pressiona o homem contra a parede e monta nele, entrelaçando as próprias pernas em torno do corpo do parceiro. Ele a segura pelo quadril, enquanto ela usa a parede como apoio. Renato Munhoz (Arte iG)

A mulher fica de costas para o parceiro e inclina levemente o corpo para a frente, enquanto ele faz a penetração. Renato Munhoz (Arte iG)

O homem segura a mulher no colo, enquanto ela pressiona as pernas contra o quadril dele. A técnica exige força. Renato Munhoz (Arte iG)

Esta posição é chamada de “Bailarina”. Nela, a mulher fica de costas para o parceiro, e os dois usam os pés para dar sustentação. Renato Munhoz (Arte iG)

Já esta aqui exige bastante flexibilidade por parte da mulher. O casal fica de frente um para o outro, e ela inclina o corpo para trás, apoiando as mãos no chão. O homem segura as duas pernas da parceira para o alto, enquanto faz o encaixe. Renato Munhoz (Arte iG)

Chamada de “Carrinho de Mão”, esta opção também exige flexibilidade. A mulher fica de costas para o homem e inclina o corpo para a frente, apoiando as mãos no chão. Em seguida, ela joga as duas pernas para o alto, pressionando-as em torno do quadril do parceiro. Ele segura a parceira pelas pernas, enquanto acontece a relação. Renato Munhoz (Arte iG)

 

 

Continue Lendo
Iniciar Conversa
Oi, Sejam bem vindo(a) a nossa TV!
Olááá! Obrigado por assistir a TV CRIAR !!!