Conecte-se Conosco
 

Brasil

Saiba quem é a mulher que morreu após perder marido e enteado em acidente aéreo

Publicado

em

A mulher morreu pouco mais de três dias após perder o marido e o enteado em um acidente aéreo

Por Mateus Salomão / Metropoles
Pouco mais de três dias após perder o marido e o enteado em um acidente aéreo, Ana Paula Pridonik, de 27 anos, morreu, nesta terça-feira (1º/8), na Santa Casa de Campo Grande (MS). Ela chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos.

No último sábado (29/7), 0 pecuarista Garon Maia e seu filho, Francisco Veronezi Maia, morreram em um acidente aéreo, numa área de mata na região de Vilhena, em Rondônia. O sepultamento de ambos ocorreu nesta terça-feira (1º/8). Horas depois, a mulher foi encontrada ferida em casa.

Ana Paula Pridonik era engenheira civil, natural de Colorado do Oeste, cidade a 755 quilômetros de Porto Velho (RO). Por meio das redes sociais, a mulher compartilhava a vida ao lado do pecuarista. Os dois estavam juntos desde março de 2020. Garon Maia era pecuarista e fazia parte de uma família tradicional na região, cujo patriarca foi Garon Braulino Maia, que morreu em 2019, aos 93 anos, e foi conhecido como um dos mais importantes pecuaristas do país no século passado. A mulher não deixou filhos. Em registros publicados no Instagram, os momentos em família eram compartilhados com o marido e dois enteados, um deles Francisco Veronezi Maia, de 11 anos, que morreu no acidente aéreo .Ana Paulo e o piloto estavam juntos desde março de 2020 Reprodução / Redes sociais
Grande parte dos registros são da família em viagens. No início de janeiro, Ana Paula, o marido e os enteados se divertiram nas Bahamas. No final do mesmo mês, os três estavam na Flórida, nos Estados Unidos. Além das viagens, por meio das redes sociais, a mulher compartilhava a rotina em família. De acordo com informações, apuradas pelo TopMídiaNews, parceiro do Metrópoles, e confirmadas pela polícia, Ana Paula foi encontrada ferida no quarto do casal em um condomínio no bairro Antônio Vendas. Ela tinha ao lado uma arma registrada em nome do marido. Grande parte dos registros são da família em viagens. No início de janeiro, Ana Paula, o marido e os enteados se divertiram nas Bahamas. No final do mesmo mês, os três estavam na Flórida, nos Estados Unidos. Além das viagens, por meio das redes sociais, a mulher compartilhava a rotina em família. De acordo com informações, apuradas pelo TopMídiaNews, parceiro do Metrópoles, e confirmadas pela polícia, Ana Paula foi encontrada ferida no quarto do casal em um condomínio no bairro Antônio Vendas. Ela tinha ao lado uma arma registrada em nome do marido. Em postagem, antes de falecer, ela lamentou a morte do marido e do enteado. “Onde o Senhor estava, meu Deus? Por que não protegeu meus meninos?”, questionou. “Eu deveria ter ido junto quando você me chamou, meu amor. Não vou conseguir ficar aqui sem você, meu companheiro.”

Tragédia

No último sábado (29/7), o avião em que pai e filho estavam desapareceu dos radares cinco minutos após decolar do aeroporto de Vilhena (RO), e seus destroços foram encontrados na manhã do último domingo (30/7), numa região de floresta perto de Comodoro (MT). Dentro do Beechcraft Baron B-58 estavam o piloto, Garon Maia, conhecido na região como “Garonzinho”, e seu filho, Kiko, de 11 anos. Ambos morreram na queda, que deixou a aeronave destruída. O voo iria de Vilhena, onde Garonzinho foi abastecer, para a fazenda Jaqueline, de propriedade da família. O adolescente estava de férias com o pai no interior e seria levado por ele para casa onde vivia com a mãe, em Campo Grande (MS), neste domingo.


Descubra mais sobre TV Criar Entretenimento

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Continue Lendo

Descubra mais sobre TV Criar Entretenimento

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading

Iniciar Conversa
Oi, Sejam bem vindo(a) a nossa TV!
Olááá! Obrigado por assistir a TV CRIAR !!!