Conecte-se Conosco
 

Política

Randolfe quer explicações de Campos Neto sobre Selic a 13,75%

Publicado

em

Líder do governo no Congresso afirmou, nesta sexta (23), que irá apresentar um requerimento para que o presidente do BC seja convocado na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE)

Por Ândrea Malcher / Correio Brasiliense

O líder do governo no Congresso Nacional, senador Randolfe Rodrigues (Sem partido-AP), irá apresentar um requerimento para que o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, seja convocado a dar explicações sobre a decisão de manter a taxa básica de juros em 13,75% à Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). “Não podemos mais ficar parados vendo esses juros frearem o desenvolvimento do país”, afirmou ele no Twitter nesta sexta-feira (23/6).

O Comitê de Política Monetária (Copom) do BC decidiu, na última quarta (21), por manter pela sétima vez consecutiva a Selic no patamar atual. O grupo afirmou que o contexto atual ainda segue “demandando cautela e parcimônia”. A manutenção já era esperada por diversos economistas, mas frustra diversos setores do governo.

Na quinta (22), em Paris, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, avaliou a decisão do Copom como “muito ruim, como de hábito”.

“Nós estamos fazendo um esforço gigantesco de reversão de expectativas desde o começo do ano (…). O primeiro pacote de medidas para sanear as finanças foi dia 12 de janeiro, depois veio a realização de combustível. Depois o arcabouço foi construído, dentro do governo e fora do governo. Não tem uma fala de (nenhum) governador contra a reforma tributária. O que nós estamos esperando (para diminuir a taxa)?”, questionou.

As projeções do mercado apontam para uma redução da Selic somente em setembro, embora um corte ainda em agosto não seja descartado.

Continue Lendo
Iniciar Conversa
Oi, Sejam bem vindo(a) a nossa TV!
Olááá! Obrigado por assistir a TV CRIAR !!!