Conecte-se Conosco
 

Crime

Polícia investiga caso de PM que matou o colega e morreu no DF

Publicado

em

O crime aconteceu na manhã deste domingo (14), no Recanto das Emas

Elijonas Maia da CNN

A Polícia Civil e a Corregedoria da Polícia Militar do Distrito Federal abriram uma investigação conjunta para apurar o caso de um policial militar que matou o colega e tirou a própria vida, na manhã deste domingo (14), no Recanto das Emas (DF).

A ocorrência foi classificada como homicídio seguido de suicídio.

O sargento Paulo Pereira alvejou o soldado Yago Monteiro Fidelis enquanto estavam em serviço. A vítima chegou a ser socorrida pelos bombeiros, mas morreu durante atendimento no Hospital Regional de Taguatinga.

Em nota, a PM afirmou que a saúde dos policiais é uma prioridade da corporação. “Ressaltamos nosso compromisso contínuo com o bem-estar e a saúde mental dos integrantes de nossa instituição, empenhados em criar um ambiente de trabalho onde o cuidado com a saúde mental é uma prioridade”, diz o comunicado.

A governador em exercício do DF, Celina Leão, também comentou o ocorrido. “Com profunda tristeza, lamentamos a perda de dois policiais militares. Este evento doloroso destaca a urgência de priorizar a saúde mental dentro das forças de segurança”, escreveu.

Iniciar Conversa
Oi, Sejam bem vindo(a) a nossa TV!
Olááá! Obrigado por assistir a TV CRIAR !!!