Conecte-se Conosco
 

Relacionamentos

Agressão deixou atriz cega, mas ela lança série para motivar e encorajar mulheres

Publicado

em

Por Redação O Amor
A atriz Thais Vaz, conhecida por sua participação em Malhação (2004), usou sua influência para conscientizar sobre relacionamentos tóxicos.
Quando tinha 19 anos, Thais se envolveu em um romance que resultou na perda da visão de um de seus olhos. Em uma entrevista à Glamour Brasil, a diretora, roteirista, atriz e modelo compartilhou sua experiência pessoal: “Não sei ao certo quando as agressões começaram. Lembro que, em um momento, ele explodiu do nada, na rua, e me deu um soco na costela. Eu, emocionalmente desequilibrada, ainda fui atrás dele. Naquele momento, não existia amor-próprio.” O incidente que mudou drasticamente a vida da jovem ocorreu durante uma viagem a Cabo Frio, no litoral do Rio de Janeiro. O casal estava em uma casa alugada com um grupo de amigos. “Estávamos todos brincando e, em determinado momento, ele fez um comentário sobre uma amiga que eu não gostei, então fechei a janela resmungando. Foi quando ele deu um soco no vidro. Na hora, não vi o que aconteceu, só ouvi ele correndo. Os estilhaços caíram no meu olho, mas eu não percebi que estava machucada. Foi somente quando minhas amigas olharam para mim e começaram a chorar. Foi então que coloquei a mão no rosto e vi o sangue”, detalhou Thais. Suas amigas a levaram ao hospital, onde ela passou por uma cirurgia paga pelo agressor.
36
37

Direitos autorais: Reprodução/Instagram.

38

Direitos autorais: Reprodução/Instagram.

39

Direitos autorais: Reprodução/Instagram.

Inicialmente, a vítima acreditava que não teria danos permanentes, mas depois percebeu a gravidade da situação: “Eu sofri todas as piores lesões que um olho pode ter: corte na córnea, deslocamento de retina e catarata traumática. Fui operada. No dia seguinte, minha maior preocupação era se eu conseguiria dirigir, algo que sempre quis, e se poderia continuar trabalhando como atriz.” O primeiro diagnóstico indicava que, com a remoção do cristalino devido ao trauma, Thais só precisaria usar uma lente para recuperar a visão. “Depois de um tempo, a retina deslocou novamente e não havia mais solução. Perdi completamente a visão do olho esquerdo”, lamentou. Thais Vaz deseja usar sua história como um alerta e inspiração para pessoas que enfrentam a mesma deficiência visual. A visão monocular é reconhecida como uma deficiência graças à lei criada pela jornalista Amalia Barros. “Durante uma conversa com o cineasta João Jardim, mencionei que gostaria de desenvolver uma série documental sobre mulheres, e ele me aconselhou: ‘Por que não falar sobre algo que você tem propriedade? Será mais fácil começar como diretora’. Foi assim que surgiu Mulher Coragem, onde conto minha história e me encontro com outras mulheres artistas com deficiências para entender como a arte se manifesta nesses corpos e como é a vida delas”, relembra. Por fim, Thais deixou uma mensagem: “Relacionamentos tóxicos existem em todas as áreas, seja no amor, no trabalho, na família… É preciso identificar os sinais e impor limites para evitar consequências graves, como aconteceu comigo. Temos um alarmante índice de feminicídio em nosso país, além de agressões, ameaças, estupros e a necessidade de medidas protetivas. Precisamos começar a intervir nos relacionamentos das outras pessoas. Nossa sociedade precisa se reeducar nesse sentido.”


Descubra mais sobre TV Criar Entretenimento

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Descubra mais sobre TV Criar Entretenimento

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading

Iniciar Conversa
Oi, Sejam bem vindo(a) a nossa TV!
Olááá! Obrigado por assistir a TV CRIAR !!!