Conecte-se Conosco
 

Homelia Diária

30/06/2023 – Apresente a Jesus as feridas do seu coração

Publicado

em

“Eis que um leproso se aproximou e se ajoelhou diante dele, dizendo: ‘Senhor, se queres, tu tens o poder de me purificar’. Jesus estendeu a mão, tocou nele e disse: ‘Eu quero, fica limpo’. No mesmo instante, o homem ficou curado da lepra” (Mateus 8,2-3).
Logo após o Sermão da Montanha, Jesus se vê cercado por uma grande multidão que O seguia. E entre todas aquelas pessoas, havia um leproso que teve uma atitude inusitada e muito corajosa, uma atitude ousada — podemos assim dizer — diante dessa situação que ele vivia, de enfermidade, esse leproso foi ousado. Naquele tempo, quem tinha lepra era obrigado a isolar-se do convívio social, era proibido de se aproximar das pessoas. E o leproso, além de sofrer terrivelmente com as suas feridas externas, possuía feridas ainda maiores no seu interior devido ao preconceito e o distanciamento das pessoas. Mas, contrariando todas as imposições que o afastavam das pessoas, esse leproso se aproximou de Jesus, ajoelhou-se diante d’Ele e pediu que fosse curado. Apesar dos obstáculos, esse homem conseguiu se aproximar de Jesus e pediu, com total simplicidade, para ser curado da sua doença. Além da rejeição social, o leproso também teve que ultrapassar a vergonha de se mostrar vulnerável e necessitado de ajuda. E, muitas vezes, essa é a atitude mais difícil: abrir a nossa alma para alguém e pedir ajuda; apresentar as nossas feridas, deixar com que o outro conheça as nossas lepras, conheça as nossas enfermidades, as enfermidades da nossa alma. Demanda muita coragem, humildade e confiança!

Tenhamos a coragem de abrir o nosso coração, e assim apresentar a Ele todas as nossas feridas

Às vezes, receamos ser rejeitados ou, então, mal compreendidos; no final, a ferida mais profunda que nós precisamos de cura é a ferida do nosso coração. E, às vezes, falta-nos a simplicidade e a humildade, que foi a simplicidade e a humildade desse leproso de se expor, de apresentar as suas feridas, de colocar as suas misérias em evidência diante do Senhor. O leproso do Evangelho de hoje ensina-nos como devemos agir diante dos nossos limites e das nossas fraquezas, ele nos mostra que o caminho mais simples é nos ajoelhar diante de Jesus e dizer, sem receios, qual é o nosso problema, qual é a nossa ferida, e assim pedir humilde e confiante a ajuda de Deus, sabendo também respeitar o ministério da liberdade de Deus. Porque o leproso disse: “Senhor, se queres, tu tens o poder de me purificar”. Essa atitude nós podemos constantemente colocar em prática por meio da nossa vida de oração e por meio da confissão sacramental. É por meio do sacramento da confissão que nós expomos as nossas feridas, as nossas misérias, as nossas lepras, na certeza de que é aí que o Senhor continua a nos tocar, é aí que Ele continua a nos purificar, a nos limpar, assim como Ele fez com o leproso. No confessionário, temos essa oportunidade, a oportunidade de imitar o leproso, de nos ajoelhar, de apresentar as nossas lepras, as nossas feridas, e assim deixar que o Senhor nos purifique  — o Senhor que também diz a nós quando nos confessamos: “Eu quero, fica limpo!” Tenhamos a coragem de abrir o nosso coração, de buscar o Senhor com humildade e confiança, e assim apresentar a Ele todas as nossas feridas. Desça sobre você a bênção do Deus Todo-poderoso. Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

Padre Bruno Antônio

  Sacerdote da Comunidade Canção Nova.


Descubra mais sobre TV Criar Entretenimento

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Continue Lendo

Descubra mais sobre TV Criar Entretenimento

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading

Iniciar Conversa
Oi, Sejam bem vindo(a) a nossa TV!
Olááá! Obrigado por assistir a TV CRIAR !!!