Conecte-se Conosco
 

Homelia Diária

20/02/2024 – Que a sua oração seja um ato de confiança em Deus

Publicado

em

“Quando orardes, não useis muitas palavras, como fazem os pagãos. Eles pensam que serão ouvidos por força das muitas palavras. Não sejais como eles, pois vosso Pai sabe do que precisais, muito antes que vós o peçais. Vós deveis rezar assim: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como nos céus. O pão nosso de cada dia dá-nos hoje. Perdoa as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal. De fato, se vós perdoardes aos homens as faltas que eles cometeram, vosso Pai que está nos céus também vos perdoará” (Mateus 6,7-14).

Já no início deste tempo quaresmal, foi apresentado a nós três importantes elementos que colaboram com o nosso crescimento, com a nossa conversão. São eles: o jejum, a esmola e a oração.

Nesses últimos dias, tivemos a oportunidade de refletir sobre o jejum e a esmola, e hoje a Palavra de Deus nos leva a refletir sobre a oração, que é esse ponto tão importante também que nos ajuda a nos convertermos à oração.

O Catecismo da Igreja Católica, quando vai nos ensinar sobre a oração, até usa uma frase de Santa Terezinha que vai dizer que “a oração é esse impulso do coração, é esse simples olhar que lançamos para o Céu, um grito de gratidão e amor, tanto no meio da tribulação como no meio da alegria”.

Não podemos viver sem oração. Se a oração é esse suspirar da alma, quem não reza, a alma falece, morre. Quem é que vive sem respirar? Ninguém consegue viver sem respirar.

Ouvindo a nossa oração, precisamos confiar que Deus sempre tem o melhor para nós

A oração que o Senhor nos pede é muito simples. O Senhor não nos pede que gastemos muitas palavras, palavras rebuscadas, palavras bonitas. Não! O Senhor deseja que rezemos com a nossa própria vida, com a nossa simplicidade, do nosso modo, mas que a nossa oração seja esse ato de confiança em Deus, esse ato manifestado por meio de palavras e gestos — até o nosso olhar elevado ao Céu se torna oração —, mas que seja uma demonstração que temos confiança em Deus.

Meus irmãos, Deus sempre ouve a nossa oração, por menor que ela seja, por mais simples que ela seja, ainda que seja esse suspirar. Às vezes, vivemos situações que não conseguimos expressar em palavras, mas, às vezes, suspiramos ou nos colocamos diante de Deus, e Ele atende a oração daquele que se volta para Ele.

Nenhuma oração é em vão, nenhuma oração fica sem ser ouvida pelo Senhor. Ouvindo a nossa oração, precisamos confiar que Deus sempre tem o melhor para nós.

Hoje, aprendemos, no Evangelho, que Deus é Pai, e é um Pai amoroso, é um Pai que sabe o que é o melhor para os seus filhos. Deus sabe o que é o melhor para você. Confie, reze, espere e aguarde em Deus! Se ainda não aconteceu, se você ainda não foi atendido na sua oração, tenha confiança. Deus sabe o que é o melhor para você.

Talvez o que você esteja pedindo não seja o melhor. Deus vê além, Ele enxerga além. Deus sabe de todas as nossas necessidades, porque Ele é Pai!

Sobre você, desça a bênção do Deus Todo-poderoso. Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

Padre Bruno Antonio

 

Padre Bruno Antonio de Oliveira é Brasileiro, nasceu no dia 18/10/1987, em Lavras, MG. É Membro da Associação Internacional Privada de Fieis – Comunidade Canção Nova, desde 2012 no modo de compromisso do Núcleo.

Continue Lendo
Iniciar Conversa
Oi, Sejam bem vindo(a) a nossa TV!
Olááá! Obrigado por assistir a TV CRIAR !!!